MGC Holding

Mais comum do que se possa pensar, o turnaround é um processo de reformulação e revitalização de empresas que estão passando por dificuldades financeiras e/ou operacionais significativas. Muito usado para se referir ao período representado pelo declínio no desempenho financeiro e posterior recuperação da performance empresarial, o turnaround é o meio para que se possa chegar à reestruturação financeira, permitindo resgatar a viabilidade do negócio, a competitividade no mercado a geração de lucro.

 

Não são poucas as empresas brasileiras que em algum momento se viram imersas em uma crise e, depois de passarem por um processo de turnaround, puderam recuperar sua saúde financeira e reencontrar o caminho da estabilidade e do crescimento. Complexo e repleto de desafios, o turnaround envolve mudanças profundas não apenas de ordem financeira, mas também na gestão e na cultura organizacional, exigindo, antes de tudo, uma análise criteriosa da situação de momento da empresa e de todos os aspectos do negócio.

 

Continue a leitura e entenda como funciona o processo de turnaround e quais as etapas para aplicá-lo efetivamente em uma empresa.

 

O que é Turnaround?

 

Em linhas gerais, o turnaround é um processo estratégico que envolve uma série de ações destinadas a reverter a trajetória de declínio de uma empresa. Isso pode incluir reestruturação financeira, reorganização operacional, renovação da liderança e estratégias de mercado adaptadas. O objetivo é estabilizar as finanças, restaurar a confiança dos stakeholders e posicionar a empresa para o crescimento futuro.

 

O processo costuma envolver uma série de mudanças, passando por corte de gastos, aumento de eficiência operacional e reestruturação de dívidas, além de reposicionamento de mercado e reestruturação da gestão.

 

No meio do caminho, é bem provável que os gestores se vejam obrigados a tomar decisões difíceis para preservar a solvência dos negócios, tais como demissões ou mesmo a extinção de setores ou unidades inteiras que estão dando prejuízo, com o intuito de focar em atividades que gerem mais retorno.

 

Turnaround e Recuperação Financeira: qual a diferença?

 

Embora ambos os termos estejam relacionados à melhoria da situação de uma empresa e estejam relacionados à sua capacidade de superar adversidades, eles se referem a processos distintos, com focos e abordagens diferentes.

 

O conceito de turnaround refere-se a um processo abrangente e estratégico de revitalização de uma empresa que enfrenta problemas sérios, sejam eles financeiros, operacionais ou ambos.

 

O objetivo do turnaround é conduzir a empresa de uma situação de declínio ou estagnação para uma de crescimento e rentabilidade. Isso envolve:

 

Diagnóstico completo: Avaliação detalhada de todos os aspectos da empresa para identificar as causas dos problemas.

 

Reformulações estratégicas e operacionais: Implementação de mudanças que podem envolver a reestruturação organizacional, a revisão de estratégias de mercado, a otimização de processos e, em alguns casos, a renovação da liderança.

 

Foco no longo prazo: Embora algumas ações possam ter efeitos imediatos, o turnaround visa a sustentabilidade e o crescimento a longo prazo da empresa.

 

A recuperação financeira, por outro lado, é um processo focado especificamente na solução de problemas financeiros da empresa. Esse processo pode ser uma parte do turnaround, mas também pode ocorrer independentemente se os problemas da empresa estiverem principalmente ou exclusivamente relacionados à sua situação financeira. A recuperação financeira inclui:

 

Reestruturação de dívidas: negociação com credores para alterar os termos de pagamento, reduzir juros ou converter dívidas em capital.

 

Melhoria do fluxo de caixa: implementação de medidas para aumentar as entradas de caixa, reduzir despesas e melhorar a gestão de capital de giro.

 

Captação de recursos: pode envolver a busca de novos investimentos, a venda de ativos não essenciais ou a reorganização do capital da empresa.

 

Ou seja, enquanto a reestruturação financeira tem como foco específico estabilizar a situação financeira da empresa e evitar sua falência, o turnaround é um processo holístico que visa sua transformação integral, contemplando questões operacionais, estratégicas e de mercado que podem estar afetando seu desempenho.

 

A importância do turnaround

 

De adversidades conjunturais e crises econômicas a avanços tecnológicos e mudanças no comportamento do consumidor, os motivos para o declínio de uma empresa são muitos e variados. É aqui que o conceito de turnaround se mostra não apenas relevante, mas vital para a sobrevivência e prosperidade de uma empresa. Mas quais são, exatamente, as funções e benefícios desse processo no contexto empresarial?

 

Salvaguarda contra a falência

A importância mais imediata do turnaround reside em sua capacidade de evitar a falência. Empresas que se encontram em um ciclo de declínio financeiro correm o risco de encerrar suas atividades. O turnaround, quando executado corretamente, pode reverter essa trajetória, estabilizando as finanças da empresa e garantindo sua continuidade.

 

Preservação de empregos

Uma empresa em dificuldades não apenas enfrenta o risco de fechamento, mas também representa uma ameaça aos seus empregados. A implementação bem-sucedida de uma estratégia de turnaround pode salvar centenas, senão milhares de empregos, preservando os trabalhadores e contribuindo para a estabilidade econômica da comunidade ou região.

 

Restauração da confiança dos stakeholders

Os stakeholders de uma empresa, incluindo investidores, clientes, fornecedores e parceiros financeiros, precisam ter confiança na viabilidade e na estabilidade da empresa. O turnaround pode restaurar essa confiança ao demonstrar compromisso com a melhoria contínua e a adaptação às mudanças do mercado, reforçando assim as relações comerciais.

 

Adaptação e inovação

O processo de turnaround muitas vezes força uma empresa a reavaliar suas estratégias operacionais, de mercado e financeiras. Esse reexame pode levar à inovação e à adaptação, permitindo que a empresa não apenas sobreviva a períodos difíceis, mas também emerja mais forte, mais ágil e mais alinhada com as necessidades e expectativas do mercado.

 

Maior competitividade

Por meio da implementação de mudanças estruturais e operacionais durante o processo de turnaround, uma empresa pode melhorar significativamente sua competitividade no mercado. Isso pode incluir a otimização de processos, a redução de custos, a melhoria da qualidade dos produtos ou serviços e o fortalecimento da marca.

 

Contribuição para a economia

Empresas saudáveis contribuem para a economia por meio da geração de impostos, empregos e inovação. Ao recuperar e revitalizar empresas em declínio, o turnaround desempenha um papel crucial no apoio à economia local e nacional, estimulando o crescimento econômico e a prosperidade.

 

Etapas do processo de turnaround

 

De modo geral, o processo de turnaround envolve dois estágios principais: o de contenção e o de recuperação. No primeiro, o foco está em ações imediatas para estancar as perdas, garantir um fluxo de caixa positivo e evitar o agravamento da situação.

 

Trata-se de um estágio crítico para se ganhar tempo, permitindo que a empresa se estabilize temporariamente enquanto planos mais detalhados e estratégicos são desenvolvidos. Nessa fase, os esforços devem ser no controle de custos e em uma gestão eficiente do fluxo de caixa que garanta liquidez e sustente operações essenciais para a sobrevivência da companhia.

 

Após estabilizar a situação imediata, é iniciado o estágio de recuperação, em que o foco muda para a revitalização e o crescimento a longo prazo.

 

Confira a seguir as principais etapas desse processo.

 

1. Diagnóstico abrangente

Antes de adotar qualquer medida corretiva, é crucial entender profundamente as causas dos problemas da empresa. Isso envolve uma análise abrangente de todas as áreas do negócio, incluindo finanças, operações, recursos humanos, marketing e vendas. Identificar as raízes dos problemas permitirá o desenvolvimento de estratégias de turnaround mais eficazes.

 

O correto diagnóstico da causa da crise é essencial para promover estratégias adequadas de recuperação. É importante considerar, no entanto, que a origem do declínio raramente reside em uma única causa, mas sim na interação de diversos fatores que contribuem para o agravamento da crise.

 

2. Plano de ação estratégico

Com base no diagnóstico, a próxima etapa é desenvolver um plano de ação estratégico detalhado. Esse plano deve estabelecer objetivos claros, prazos específicos e responsabilidades.

 

Elementos típicos do plano podem incluir reestruturação financeira (incluindo a renegociação de dívidas com fornecedores, bancos e demais credores, em busca de prazos alongados, juros menores e plano de pagamento que viabilize a manutenção das operações), reorganização operacional e estrutural (como excesso de burocracia, processos ineficientes ou ausência de comunicação entre os departamentos), revitalização de produtos ou serviços e redefinição de estratégias de mercado.

 

3. Mobilização de recursos e liderança

Para a implementação eficaz do plano de turnaround, é essencial contar com uma liderança firme e a mobilização de recursos adequados. Isso pode envolver a formação de uma equipe de turnaround dedicada, a contratação de consultores externos ou a reestruturação da equipe de liderança para garantir que a empresa tenha a expertise e o comprometimento necessários para conduzir as mudanças.

 

4. Execução

Com um plano em mãos e a equipe mobilizada, o foco se volta para a execução. Esta etapa requer disciplina, acompanhamento rigoroso do progresso e disposição para ajustar o plano conforme necessário. A transparência e a comunicação eficaz com todas as partes interessadas, incluindo funcionários, clientes e investidores, são cruciais durante esse período

A MGC Holding

Somos o maior player independente do mercado brasileiro de créditos inadimplidos de consumo e os únicos a atuar em duas frentes de reestruturação da saúde financeira: a de empresas e a de consumidores.

Ao navegar em nosso site, você concorda com nossa política de privacidade.