MGC Holding

A liquidez é um dos principais indicadores da saúde financeira de uma empresa. Trata-se de um parâmetro que serve como bússola para as tomadas de decisão na área financeira. Um bom nível de liquidez atesta que a empresa tem capacidade monetária para cobrir suas obrigações.

 

Por meio da análise dos diferentes tipos de liquidez é possível traçar estratégias para garantir o equilíbrio entre as dívidas e a capacidade de pagamento. “Aumentar o índice de liquidez depende de um conjunto de iniciativas que devem levar em conta o indicador específico que se pretende alavancar”, explica nossa diretora financeira, Ana Vieira. “Por exemplo, se o intuito é melhorar a liquidez corrente, o foco deve ser nas vendas à vista e em garantir um estoque ideal para o fluxo de negócios. A liquidez imediata, por sua vez, considera somente as disponibilidades de caixa e pode exigir uma análise mais direcionada aos investimentos da empresa”.

 

Já a liquidez geral envolve todos os ativos, incluindo os de longo prazo. “Com base em sua aplicação contínua é possível identificar se a empresa esteve diminuindo ou aumentando sua liquidez em exercícios anteriores e, então, definir planos para financiar futuros projetos”.

 

Embora não exista uma fórmula mágica para melhorar a liquidez de uma empresa, selecionamos nos slides algumas ações gerais que podem ter impacto positivo sobre esse importante indicador.

A MGC Holding

Somos o maior player independente do mercado brasileiro de créditos inadimplidos de consumo e os únicos a atuar em duas frentes de reestruturação da saúde financeira: a de empresas e a de consumidores.

Ao navegar em nosso site, você concorda com nossa política de privacidade.